Defesa Profissional

O que é a Defesa Profissional?

A Defesa Profissional tem um papel fundamental na segurança da sua carreira, por oferecer apoio especializado aos profissionais da área da saúde.

O objetivo deste trabalho, é tornar mais tranquila, segura e duradoura sua carreira.
Através deste trabalho, é possível uma análise detalhada de situações de risco envolvendo pacientes.
Tudo isso tem como principal objetivo proteger você de processos infundados e indenizações exorbitantes.

Como funciona a Defesa Profissional?

As etapas do nosso trabalho, visam garantir uma condução estratégica, transparente e organizada ao longo de todo o processo.

Documentos

Essa primeira etapa é crucial para que o processo seja conduzido corretamente, por isso, começamos com uma triagem para coletar as informações e documento essenciais, que são fundamentais para a nossa etapa de diagnóstico.

Diagnóstico

Com a etapa da anamnese concluída, através dela realizamos um diagnóstico no qual permite avaliar quais as melhores estratégias e ferramentas jurídicas usaremos na resolução do seu problema, sempre com foco em proteger a sua carreira.

Plano de Ação

Na fase de ação, colocamos em prática todas as estratégias planejadas, a nossa experiência e a nossa dedicação para reduzir possíveis condenações, proteger a carreira, reputação e a vida do profissional da saúde.

Por que esse trabalho é tão importante?

"Aqui no escritório, vejo de perto inúmeros casos injustos - acusações infundadas de paciente, processos frágeis e muitas vezes, profissionais que perderam o direito de atuar, por falta de uma boa orientação jurídica e estratégias jurídicas que não compreendem as peculiaridades da Saúde, causando prejuízo não só financeiro, mas sobretudo emocional pra esses profissionais."

- Gabriela Braide

As dúvidas mais frequentes aqui

Se seu processo ocorrer no Conselho, via de regra, será sigiloso. Porém, dependendo do motivo do processo e caso você seja penalizado, a pena pode vir a ser pública.

Já o processo judicial é público, mas com uma boa argumentação por parte do seu advogado, podemos conseguir o sigilo.

Sim, se no processo judicial ficar comprovada sua responsabilidade pelo ato que ocasionou o processo, este pode gerar uma indenização. Os valores irão depender das consequências geradas pelo ato realizado.

O primeiro passo é não fazer nenhum tipo de comunicação com o paciente que possa te comprometer. Na sequência, entre em contato imediatamente conosco para entendermos seu caso e verificar possibilidade de negociação com esse paciente.

O ideal é procurar um advogado o mais breve possível, uma vez que os prazos para responder a qualquer procedimento que tramita junto aos conselhos é em dias corridos, ou seja, sábados, domingos e feriados são contados.